Tradutor

segunda-feira, 28 de julho de 2014

MOSTRA NEGRA CONSCIÊNCIA

Na ultima quinta-feira (28/07/14) iniciamos os trabalhos da Mostra Negra Consciência, no Espaço Elo da Corrente em Pirituba. Essa mostra faz parte de um projeto aprovado no edital VAI 2 e tem como programação, até dezembro, saraus literários, encontros de formações (teóricas e artísticas), a publicação de um livro de poesias de Raquel Almeida e um show comemorativo de 7 anos do Coletivo Elo da Corrente.

Os caminhos foram abertos com o professor e pesquisador Mario Medeiros (Unicamp) com palestra "Algumas relações possíveis entre as ideias de Literatura Negra e Literatura Periférica" e o lançamento do livro "A descoberta do insólito - Literatura Negra e Literatura Periférica no Brasil (1960-2000)".

Mesmo com uma noite de chuva e frio a conversa foi aquecida e trocamos saberes por mais de 1h30 com nosso convidado. Mario fez reflexões acerca de sua pesquisa, mas também comentou com vê o momento atual dos escritores negros e periféricos nas questões de aproximação-distância, ser ou não ser cânone, a possível a assimilação da industria cultural, bem como a relação entre academia pra além dos muros, a importância do saber e nossa da presença na universidades públicas, entre outras interrogações do tema.

Missão cumprida, a sequencia prevê mais um sarau no dia 14/08 no bar do Santista, e as próximas formações serão com a artista Rosângela Macedo (Sambaki), que vai girar os batuques do jongo e do samba de bumbo paulista, nos dias 06 e 20 de agosto em nosso Espaço Cultural.

Logo mais a divulgação. 

Seguem as fotos do encontro com Mario Medeiros:






















  

  

    

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Mostra Negra Consciência começa dia 24/07 no Espaço Elo da Corrente


24/07 (quinta-feira) - 
Bate-papo e lançamento do livro "A descoberta do insólito. Literatura negra e literatura periférica no Brasil (1960-2000), 
com Mário Medeiros da Silva, Professor de Sociologia da Unicamp. 
Das 19h30 às 21h30, 
Espaço Cultural Elo da Corrente, 
Rua Jurubim 788, Pirituba - São Paulo/SP. 
Informações: elodacorrente@hotmail.com

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Bate-papo e lançamento do livro "A descoberta do insólito. Literatura negra e literatura periférica no Brasil (1960-2000)", de Mário Medeiros da Silva

24/07 (quinta-feira) - 
Bate-papo e lançamento do livro "A descoberta do insólito. Literatura negra e literatura periférica no Brasil (1960-2000), 
com Mário Medeiros da Silva, Professor de Sociologia da Unicamp. 
Das 19h30 às 21h30, 
Espaço Cultural Elo da Corrente, 
Rua Jurubim 788, Pirituba - São Paulo/SP. 
Informações: elodacorrente@hotmail.com


Mário Medeiros da Silva

segunda-feira, 14 de julho de 2014

BATE PAPO - CADERNOS NEGROS 36 - 19/07/14 (Auditório do Minc/SP - Junto à Funarte)



CONVITE
BATE-PAPO CADERNOS NEGROS 36


A Representação Regional da Fundação Cultural Palmares (FCP/MinC) em São Paulo convida para o BATE-PAPO sobre a publicação CADERNOS NEGROS VOLUME 36.
A atividade é uma parceria entre a FCP e o grupo de escritores QUILOMBHOJE LITERATURA, e tem por objetivo colocar em debate o conteúdo da publicação que, nesta edição, destaca os contos afro-brasileiros.


QUANDO? 19 julho, das 15h às 18h

ONDE? Auditório do MinC (junto à FUNARTE) - Alameda Nothmann, 1058 - Santa Cecília - São Paulo/SP

INFORMAÇÕES: (11) 2766-4320 ou palmares.sp@palmares.gov.br


P A R T I C I P E !!!


SOBRE A PUBLICAÇÃO "CADERNOS NEGROS VOLUME 36"

Este volume 36 de Cadernos Negros continua a história da série criada em 1978 por Cuti, Hugo Ferreira, Jamu Minka e outros. Desde sua criação, a série tem seus volumes feitos de forma coletiva.
Atualmente a publicação é coordenada por Marcio Barboa e Esmeralda Ribeiro.

Com 14 autores e dezesseis contos, o livro de 128 páginas traz textos que falam de temas muito próximos a todos, como afetividade, relacionamentos, sobrevivência; traz temas atuais, como futebol, infância e educação; são contos criativos, relatos que dão um agudo retrato de diversos aspectos da vivência afro-brasileira contemporânea.

Saiba mais: http://www.quilombhoje.com.br/cadernosnegros/historicocadernosnegros.htm

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Fotos - SARAU ELO DA CORRENTE - 10.07.14 (Bar do Santista)

Eis que a roda gira, e o mesmo nunca mais foi o mesmo.

A mística do sete pairou em nós em não promete ficar por aí. Pediu mais, está sedenta por versação, está viva como sempre.

Há quem chegou desde a primeira intenção, há quem conheça de um bom tempo, e ajuda a cuidar com o mesmo carinho, e há quem acabou de chegar, que veio pela primeira vez e sentiu como o caldeirão é quente e saboroso, o quanto a poesia é doce, mesmo quando cutuca nosso conforto.

Dessa vez nossa primavera foi leve, a mais leve de todas, porque é também a mais calejada, uma criança que anda descalça no asfalto, que já esfolou a sola do pé no tanto certo pra arriscar os pés no chão.

E agora esse cria anda sozinha, desobedece nossos descuidos, faz história, tá na página, tá na tela, tá na lente, e o mais importante: tá na pulsação, na veia.

Palavra quando voa procura abrigo na morada alheia, gosta de ser recebida por várias mãos, sentir mais de um calor, e depois pede pra partir, pra fazer valer o movimento dos nossos encontros.

Pra quem torce a favor,  daqui agradece, a contagem continua como você bem quer.

Pra quem desconfia, a gente entende, também já tamô de saco cheio de tantas certezas.

Pra quem torce contra e não quis acreditar, como diz a poesia "vai ter que aturar, em cada esquina é mais uma rima que tem que escutar". 

Gira sete, giramundo, giraverso, pisa fundo, vai em frente, que a poesia continua sendo a rainha do nosso sereno e o motivo aquecido do nosso abraço.

Gratidão a quem fez e faz essa prosa existir!

Parabéns Sarau Elo da Corrente! 


JOÃO DO NASCIMENTO E MARTINHO DA BAHIA 
MICHEL YAKINI, DOUGLAS ALVES E VAGNER SOUZA


RAQUEL ALMEIDA

RODRIGO CIRÍACO E MICHEL YAKINI

RODRIGO CIRÍACO

ZÉ PAULO

JANDIR CAPOEIRA

AMANDA PRADO E ZÉ PAULO

CALIXTO (IMPRENSA OFICIAL)

VANESSA E MARTINHO DA BAHIA

JANDIR CAPOEIRA

MICHEL YAKINI

CHELLMÍ

CELINHA REIS

CHELLMÍ


CLAUDIO SANTISTA

CELINHA REIS

 A GERAL

VAGNER SOUZA

DOUGLAS ALVES



ROBERTO GUERREIRO E MANO MERENDA

RODNEY SUGUITA (TV CULTURA)