Tradutor

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Lançamento de Sagrado Sopro - Do solo que renasço (poesia) - Raquel Almeida


Da geração de mulheres que fazem e conquistam a escritora Raquel Almeida lança, na próxima sexta-feira (19), o livro “Sagrado Sopro – Do solo que eu renasço”.

Co-fundadora do Coletivo Literário Sarau Elo da Corrente, ela acompanha a cena da literatura periférica desde 2007, quando o coletivo também foi criado.

Entre suas referências estão Miriam Alves, Carolina Maria de Jesus, Clarice Lispector, poetas do samba e do rap, além de Malcolm X, Ângela Davis, e sua avó Adélia.

Mulher, negra e mãe, Raquel Almeida insere-se no grupo de mulheres protagonistas de suas histórias. 


“Nós arrombamos a porta e estamos colocando os trabalhos na rua. Fazendo e falando a poesia negra. Neste ano tivemos lançamentos lindos de mulheres como Jennifer Nascimento e Débora Garcia. 

Vejo que estamos nos empoderando cada vez mais e sinto orgulho de fazer parte desta geração literária de mulheres”, diz.


Serviço:
Lançamento de Sagrado Sopro - Do solo que renasço (poesia)
Autora: Raquel Almeida
Local: Saguão do Minc/Fundação Palmares (Minc), na Alameda Nothmann, 1058 - Sta Cecilia (Funarte)
A partir das 19 horas.  

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Hip Hop e Políticas Públicas - SESC (c/ Michel Yakini)



Michel Yakini

Michel Yakini

Chefe da Representação da Fundação Cultural Palmares em São Paulo e representante do MinC no Regional São Paulo.


Marcio Santos

Marcio Santos

Representante da Secretaria de Gêneros e Etnias/Assessoria Especial de Projetos para Hip Hop da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.


King Nino Brown

King Nino Brown

Dançarino, DJ e grande difusor da cultura Hip Hop desde os anos 70, é um dos fundadores da Casa do Hip Hop de Diadema, além de representar a seção brasileira da Zulu Nation – berço da cultura Hip Hop, criada pelo precursor Afrika Bambaataa.


Xis

Xis

Articulador do movimento Hip Hop desde o fim da década de 1980. Gravou seu primeiro disco solo em 2000, e já ganhou dois prêmios de Melhor Videoclipe de Rap no Vídeo Music Brasil da MTV.

Kaseone

Kaseone

Arte-educador e escritor de Grafitti. É co-autor do livro “Hip Hop Cultura de Rua”, ganhador do edital VAI da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.


Renato Almeida

Renato Almeida

Assessor da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo para a Cidadania Cultural.
 

Programa

A Cultura Hip Hop é uma manifestação multidimensional de grande relevância nos dias atuais, não só pela riqueza de sua dimensão artística, mas também por sua grande penetração junto à juventude periférica. 
 
Tal relevância fez com que as três esferas de governo – municipal, estadual e federal – passassem, recentemente, a se preocupar com o papel do poder público no fomento a linguagens artísticas e segmentos sociais historicamente excluídos das políticas culturais, como a cultura Hip Hop e a juventude periférica.
 
Neste debate, representantes das três esferas de governo vão apresentar as atuais políticas específicas para a cultura Hip Hop, além de discutir os desafios enfrentados para a consolidação dessas políticas.
 
Por outro lado, alguns dos artistas e articuladores da cultura Hip Hop darão seus depoimentos sobre suas respectivas carreiras e projetos, inserindo nesse relato suas visões sobre o atual cenário das políticas para o segmento.
 
Programa
 
10h30 às 13h
Renato Almeida, Marcio Santos e Michel Yakini. 
 
15h às 17h30
Fabio Motta “Kaseone”, King Nino Brown e Xis. 
 
*A atividade faz parte do Ciclo Cultura Hip Hop, que aborda tanto a perspectiva da gestão e das políticas específicas para o segmento, como a dos próprios agentes do movimento.
 
As inscrições podem ser feitas a partir de 24 de novembro, às 14h, pela Internet ou na unidades do Sesc em São Paulo.

Data

04/12/2014 a 04/12/2014

Dias e Horários

Quinta-feira, 10h30 às 17h30 (horário livre para almoço, das 13h às 15h).

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 
4º andar do prédio da FecomércioSP
Bela Vista - São Paulo/SP
 

Valores

R$ 15,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 25,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 50,00 - inteira
  

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Como chegar na Mostra Negra Consciência!


COMUNICADO AOS MORADORES E COMERCIANTES

COMUNICADO AOS MORADORES E COMERCIANTES


Nós do Coletivo Sarau Elo da Corrente estamos organizando no próximo dia 30/11/14 (domingo) o evento MOSTRA NEGRA CONSCIÊNCIA, que acontecerá na Rua Jurubim, do nº 788-A (Bar do Santista) até a altura do nº 16-A (Padaria Flor do Monte Alegre).
Por isso, essa via estará fechada no trecho descrito acima, para o trânsito de carros, a partir das 20 horas do dia 29/11 até as 23 horas do dia 30/11. Também ficará fechada parte da rua Calixto Cordeiro.
Este evento foi autorizado pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), e Sub Prefeitura de Pirituba/Jaraguá (conforme documento anexo). Outros órgãos públicos como SPtrans, PM (Policia Militar) e GCM (Guarda Civil Metropolitana) também já foram notificados do evento e farão a orientação dos ônibus para desvio e segurança do evento.
O trafego local será desviado para Rua Saloá, como é feito durante as feiras que acontecem aos sábados.
A MOSTRA NEGRA CONSCIÊNCIA será realizada em comemoração ao aniversário de 7 anos do Coletivo Elo da Corrente, e terá como tema principal o MÊS DA CONSCIÊNCIA NEGRA.
A programação conta com shows musicais e uma feira de empreendedores negros (expondo e vendendo diversos produtos). O encerramento será com o show de GERSON KING COMBO e Banda Supergroove (RJ)
A atividade é patrocinada pela Secretaria Municipal de Cultura (SP), através do Programa VAI (Valorização das Iniciativas Culturais) e conta com os apoios da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (SMPIR) e do CCJ (Centro Cultural da Juventude) e Rádio Urbanos FM.
 O coletivo ficará responsável pela organização e segurança do local neste período e conta com a compreensão e colaboração de todos os comerciantes e moradores para realização deste evento.
Sugerimos que os carros de cada morador ou comerciante seja estacionado fora do perímetro do evento, pois não será possível o transito de carros durante o período de fechamento da rua, a exemplo da feira de sábado.
Aos comerciantes que trabalham com alimentação, contamos com seus serviços para atender o público do evento, pois a organização não fará venda de lanches e bebidas.
Sugerimos que para as bebidas seja evitado o comércio de garrafas de vidro, para ajudar na segurança do evento. Se puderem concentre as vendas em latas ou copos descartáveis.

Atenciosamente,


sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Ba Kimbuta: a música é uma arma


Assim como Fela Kuti, BA KIMBUTA encara a música como uma arma. No Hip-Hop, em 1996 integrou o grupo UAFRO, com o qual participou de coletâneas importantes como “Revolução com a Nossa Cara”; “Nós na Fita” e “Projeto Viajar”.

Militante do movimento negro, hoje Ba Kimbuta integra o grupo Kilombagem, que dentre outros feitos auxiliou na construção do ENJUNE (Encontro Nacional da Juventude Negra) realizado em Lauro de Freitas (BA) em 2007.

Em 2012 faz o lançamento de seu primeiro trabalho solo oficial de forma independente, intitulado “Universo Preto Paralelo”, composto por 21 músicas, cuja tiragem de mil cópias se esgotou rapidamente.

As influências musicais se trançam entre o samba, funk, reggae, jazz e afrobeat. Atualmente faz apresentações acompanhado pela banda Makomba, que também estará presente na Mostra Negra Consciência, dia 30 de novembro.

Seu álbum completo está disponível para download, só clicar na imagem!

www.bakimbuta.wordpress.com
www.facebook.com/bakimbuta