Tradutor

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Rapidinhas de fim de ano (por Michel da Silva)

Depois de uma noite regada a muita bebida, drogas e sexo, a surpresa maior estava por vir pela manhã.
- Como pude dormir ao lado disso?




Estendeu o papelão no canteiro, entre buzinas, sirenes e fumaça. Observando a piedade e a ignorância, ascendeu um cigarro e disse todo pomposo, de corpo estirado:
- Estou na praia de Santos!





Como não havia mais ingresso João foi parar no meio da torcida adversária. De repente: Gooool!!! Gritou sem querer. Mais de trinta mil olhares raivosos fitaram seu semblante esquecido.



Quem mandou você pegar “meu” pipa mandado, seu muleque! Agora escolhe: Um cascudo, uma pedrada ou uma latada?!



Segurava flores nas mãos, mas mantinha os punhos cerrados.


Contei um segredo pra Rosa. Que contou pra Violeta. Que contou Margarida. Que contou pra Íris. Que contou pro Cravo. E ele só me contou porque prometi guardar segredo.



4 comentários:

Kbça disse...

Rapidas e cortantes... e que nem quando passa a faca... e rapidinho, mas com certeza vai incomoda muito ate cicatrizar...
e isso ai mano...

[denise abramo] disse...

essas foram só pra deixar a gente com água na boca, hein mano!

rapidinhas de qualidade, ahaha!

um abração, e muito axé nesse novo ano.

::

O GRITO disse...

é isso aí... ano que vem já tá aí e tamo junto pra somar!
Até!

walker disse...

De Natal em Natal o Papai Noel vai engordando....mas cuidado que mesa sempre farta, enfarta.