Tradutor

terça-feira, 24 de março de 2009

Yakini está chegando!!!



Daqui mais ou menos três meses a semeação mais carinhosa das nossas vidas vem nos presentear em definitivo com sua presença de esperanças, sorrisos, aprendizados e amores. Estou falando da nossa pequena, já batizada, Yakini (nome que significa Verdade de origem da África Ocidental), a princesinha que reinará em nosso lar nas próximas colheitas.

Tudo tem sido novo, intenso e surpreendente, ainda mais por ser nossa primeira filha, nossa primeira geração, um sonho realizado, pois desde que nossa chama se entrelaçou o desejo de dar os primeiros passos, as primeiras palavras, pular amarelinha, contar historinhas pra dormir e empurrar balança vem nos cativando há algum tempo.

Nossa! E como nossa pequena é sapeca. Faz da sua morada de passagem um samba de roda. Vira, chuta, cotovela, as vezes fica encolhidinha também, principalmente quando está ouvindo nossas conversas, sente nossa presença e ouve música. A Raquel disse que ela tem um apreço especial pelo tambor da Brasa, samba e sarau. Já está se acostumando desde cedo com o Axé.

Já separei os livros e textos que quero ler pra ela, assim que podermos ficar no silêncio da noite embalando o sono da sua crescência. Quero ler Amanhecer Esmeralda (Ferréz), Segredo no Céu da Boca(Antologia), Orukomi (Esmeralda Ribeiro), Histórias da Preta (Heloisa Pires Lima), Menina Princesa (Raquel), Menina Pretinha (Elizandra), Zumbi - O Pequeno Guerreiro (Kayodê), Dia das Crianças (Alessandro Buzo)...sem contar que ela já ganhou seu primeiro livro: "Os melhores discursos de Martin Luther King", presente futurista e de bom gosto do nosso amigo Douglas.

Tem vezes que fico cantarolando sozinho meus sonhos, desejos e visões e já presenciei nossa Yakini brincando junto com o Andwele (filho da Eli, sobrinho da Elizandra), A Maria (pequenina recem chegada do Guma), o Daruê (mulekote do Allan da Rosa), e a Alanda (mais uma pequena que avisou sua chegada pro Sacolinha e pra Landy) de sorriso estampado e a pulação a mil.

Ainda não escrevi nenhuma poesia em sua homenagem, sei que a poesia da sua chegada de picadinho em picadinho é que tem sido o sentimento mais presente, e quando o rostinho dela refletir na luz do anuncio as inspirações não vão parar, por isso sem pressa, por enquanto escrevo caricias diárias na sua inquietação através da Raquel.

O Parto não tenho coragem de ver, sou mó medroso com sangue e é capaz que em vez de tranquilizar as mulheres da minha vida eu fique suando frio e repassando mais tensão, por isso deixa no gelo essa parte, mas estamos contando e curtindo cada grão desse grande momento que nos espera.

Qualquer palavra é rala pra contar tudo sobre essa galáxia!Mas é assim que me encontro: Sobrevoando e respirando novidades coloridas, adocicadas e cheia de bexiga !

Até já!

Michel

5 comentários:

Anônimo disse...

Mano que sentimento louco né meu velho? acho que o melhor sentimento que possa existir no mundo,tenho certeza que você e Raquel vão ser excelentes pais, amigos e companheiros dessa pequena que vem ao mundo.
Então que venha Yakini, que o mundo e os amigos lhe esperam, e enquanto ela não vem agente continua batalhando para que o mundo em que ela crescerá seja um pouco melhor.
Axé Yakini.
Vagner Souza

Nelson Maca disse...

Salve Michel e Raquel,
toda sorte nesta nova vida que começa!
Para os três! rsrs
Quando vem os filhos e assumimos a responsabilidade da paternidade e maternidade com amor e dedicação não sei se algo pode ser mais...

- Não, definitivamente, não pode!!

Nelson Maca
Pai de duas mocinhas doidonas!

Anônimo disse...

Vai corujaoooo !!!!!!.... da hora mano....
Kbca

r.c. disse...

Michel, Raquel,

Que ela seja literalmente bem-vinda. Literariamente já é!
Saudade das prosas e poesias.

Axé.

R.C.

dulixo disse...

Salve Guerreiros...bendito seja o fruto em vosso ventre...muita paz...saúde...amor e luz a essa nova vida que ta chegando...forte abraço a voces.

Tubarão